ALÉRGENOS ALIMENTARES: O QUE SÃO E QUAIS OS RISCOS

Sabe-se que cada organismo pode reagir de forma distinta ao ter contato com determinada substância. Com isso, denomina-se como alergênicos alimentares, ingredientes ou produtos que podem provocar reações alérgicas em indivíduos imunologicamente mais propícios. Tais reações podem se manifestar em crianças e adultos, independente da faixa etária. Abaixo, veremos alguns fatores que cercam o tema.

Tipos de Reações e Sintomas

O processo de reação alérgica se dá no momento em que o organismo identifica determinada proteína como um risco. Essa percepção pode ser causada pela quantidade de antígeno absorvido, idade, microbiota intestinal e entre outros fatores. Assim, o sistema imunológico inicia um processo de resposta anormal a tal substância, o que gera manifestações perceptíveis no corpo do indivíduo.

Alguns dos sintomas observados são:

  • Febre;
  • Diarreia;
  • Vômito; 
  • Irritação na pele;
  • Náuseas;
  • Dificuldade de respirar.

Nota-se, também, que pessoas alérgicas a determinadas substâncias, comumente terão algum tipo de reação ao ingeri-las. Ademais, os sinais de hipersensibilidade podem ser caracterizados através da imunoglobulina E, sendo elas, IgE medidas ou IgE não medidas.

Denomina-se IgE medidas, reações alérgicas ocorridas imediatamente após o consumo do alimento ou até duas horas posteriores à ingestão. Geralmente, os sintomas são agudos e podem ser um somatório de manifestações clínicas envolvendo diversos órgãos. Já as IgE não medidas, são indícios alérgicos de reação lenta, geralmente não ocorrem logo após o contato com alimento e são considerados sub-agudos. 

É importante ressaltar que a hipersensibilidade alimentar pode ser ocasionada em casos mais severos pelo toque no alimento e até pelo olfato ao sentir o cheiro. 

Principais alimentos que causam reações alérgicas

Apesar de todos os alimentos serem suscetíveis a causar algum tipo de reação adversa, conforme a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), 90% delas são provocadas por:

  • Leite;
  • Peixes;
  • Ovos;
  • Trigo;
  • Soja;
  • Crustáceos; 
  • Castanhas;
  • Amendoim.

É válido salientar que os aditivos alimentares, adicionados ao alimento com o intuito de modificar características, podem causar alergia e hipersensibilidade alimentar.

Contaminação Cruzada

A contaminação cruzada se dá quando ocorre transferência de contaminantes de, por exemplo, um equipamento para um alimento. No contexto de alergênicos alimentares, o fenômeno citado também pode ocorrer quando um determinado produto entra em contato com o alergênico. Devido a isso, o simples fato de cortar alimentos com a mesma faca -sem a devida higienização-, pode provocar a contaminação cruzada.

Por isso, é de suma importância a atenção por parte dos produtores à contaminação cruzada, visto que a mesma pode causar riscos à saúde de consumidores que possuem determinada alergia ou intolerância a alguma substância que não foi devidamente listada no produto.

Importância da rotulagem de alimentos

Como demonstrado acima, substâncias alergênicas representam um grande risco para as pessoas imunologicamente mais susceptíveis a reações alérgicas. Sendo assim, uma forma de evitar tais situações clínicas é a transparência das informações presentes nos rótulos dos alimentos. Se faz de extrema importância que estejam relatadas nos rótulos todas proteínas presentes, assim como uma listagem dos ingredientes, além das informações sobre possíveis rastros de contaminação cruzada por alérgenos, em frases como “pode conter glúten”.

Confira outros textos sobre temas como esse em nosso blog!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: