Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

ESTUDO DE VIABILIDADE PARA UM NEGÓCIO

O estudo de viabilidade é um tema de extrema importância para empresas que irão abrir ou que pretendem criar um novo produto/serviço. De forma geral, essa análise é feita por algumas etapas que envolvem desde uma pesquisa financeira até uma consulta de mercado.

Em primeiro lugar, deve-se ter em mente que fazer o estudo de viabilidade não é simplesmente anotar gastos e ganhos. Nesse processo, é aconselhável que o(a) empreendedor(a) faça pesquisas aprofundadas e completas nos seguintes pontos: PayBack, projeção de receita, custos, despesas e investimentos. Dessa forma, fortes pilares poderão ser construídos para assegurar seu negócio e suas inovações. A seguir, apresenta-se os detalhes sobre esses pontos fundamentais.

  • PayBack

PayBack é nada mais nada menos que saber quanto tempo irá demorar para se recuperar o capital investido no negócio. A título de exemplo, um empresário investiu R$150.000,00 em uma confeitaria de seu sócio. Era de seu conhecimento que o estabelecimento iria lucrar R$15.000,00 por mês, ou seja, após 10 meses. Portanto, ele mitigou muito os riscos que poderiam acontecer se não tivesse estudado o PayBack.

  • Projeção de Receita

Nessa etapa, o(a) empreendedor(a) deve fazer um balanço real e sincero de quanto será o seu lucro e quanto tempo irá demorar para adquiri-lo. Tendo essa informação em mãos, será possível planejar futuras mudanças ou melhorias no negócio, crescendo cada vez mais.

  • Projeção de Custos e Despesas

Análoga ao passo anterior, é aconselhável que a avaliação dos possíveis custos e despesas que podem surgir seja feita, sempre considerando uma margem de erro, uma vez que pode ocorrer imprevistos. Alguns exemplos de custos e despesas comuns que podem surgir são as contas de água, aluguel, aumento no preço da matéria-prima, etc.

  • Projeção de Investimentos

O processo de projeção de investimentos consiste em investir em produtos/serviços mais caros, tendo em mente o retorno no futuro. É de extrema importância que essa etapa esteja atrelada às outras projeções, para que se tenha em mente a quantia disponível para gastar. Por exemplo, o dono de uma confeitaria, após observar que seu fogão estava velho demais e gastava muito gás, resolveu investir em um novo, um pouco mais caro, para reduzir suas despesas com o gás.

Concluindo, o estudo de viabilidade é composto por muitas etapas importantes e, muitas delas, possuem relação entre si. Ter paciência e ser realista nessa metodologia é algo crucial para se construir uma base consistente no seu negócio. Dessa forma, os riscos que podem aparecer diminuem e as chances de crescimento no mercado aumentam consideravelmente.

Confira outros textos sobre temas como esse em nosso blog!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: