O QUE SÃO ALIMENTOS IRRADIADOS E QUAIS SEUS RISCOS

Selo indicativo de alimentos irradiados.

Os alimentos irradiados são, segundo a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), alimentos que foram submetidos ao processo de irradiação (quantidade controlada de radiação ionizante, como raios x, raios gama, feixes de elétrons). O alimento tratado por irradiação não fica radioativo, portanto, seu consumo é seguro e ele apresenta uma melhor qualidade sanitária, além de permanecer adequado para o consumo por um período mais longo. 

Isso acontece porque a radiação atua direta ou indiretamente nos microrganismos, especificamente na molécula de DNA e RNA, inibindo a reprodução e crescimento deles. E, ao contrário do que se imagina, os resquícios dessa radiação não continuam no alimento, não tornando-o radioativo.

Comparação entre morango irradiado e não irradiado. Observa-se a vida útil da fruta.

Esse processo, além de aumentar a vida útil do alimento, deixa ele com uma aparência muito mais chamativa. Com isso, ajuda na venda dos alimentos, pois todos desejam alimentos que aparentam ser mais saborosos.

As vantagens desse método são muitas, mas podemos destacar a eliminação de bactérias e fungos potencialmente prejudiciais à saúde, morte ou esterilização de insetos e/ou ovos eventualmente presentes, assim como o retardamento do envelhecimento de frutas e hortaliças. 

Entretanto, as técnicas de irradiação tem seu lado ruim, já que causa a perda de alguns nutrientes em determinados alimentos. Essas perdas são similares às causadas por outros métodos de conservação, como esterilização comercial ou pasteurização. Outro problema é que, para ser viável economicamente, a irradiação necessita de grandes montantes do produto específico, o que favorece monoculturas.

A irradiação de alimentos é um processo considerado seguro, desde que sejam respeitados os procedimentos corretos. E sim, isso recebe fiscalização.

Os cientistas mostram que a radiação remanescente nos alimentos é muito baixa e não produz efeitos nocivos à nossa saúde. Porém, muitas pessoas sentem receio de ingerir esses alimentos, e até questionam se isso não estaria ligado ao aumento dos índices de câncer em todo mundo. 

Estima-se que num futuro próximo, técnicas como as relatadas acima sejam a única solução para a conservação de alimentos.

Confira outros textos sobre temas como esse em nosso blog!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: