COMO COMEÇAR UMA PRODUÇÃO DE COSMÉTICOS VEGANOS?

O veganismo é um estilo de vida que vem crescendo cada vez mais nos dias de hoje, não só no Brasil, mas no mundo todo. Desse modo, para se adaptar a esse novo público alvo, marcas como “Dailus” e “Salonline” passaram a oferecer produtos veganos de suas produções e, marcas como “SKALA”, possuem apenas opções veganas. Então, eis uma pergunta, por que não abrir seu próprio negócio de cosméticos veganos?

Divisão de cosméticos

No mundo dos cosméticos, existem divisões que são baseadas em categorias e graus. As categorias são divididas em 4, que são: produtos de higiene, cosméticos, perfumes e de uso infantil. Já os graus são divididos em apenas 2, que são:

  • Grau 1: produtos que oferecem um risco mínimo;
  • Grau 2: produtos que oferecem um risco potencial, necessitando de informações sobre a eficácia, a segurança, o modo de uso, os cuidados e as restrições.

Nesse sentido, as divisões de graus e categoria não se restringem.

Como Começar?

A princípio, para iniciar seu próprio negócio, é necessário conhecer seu consumidor, criando uma Persona, para ajudar com o tipo de público que seu empreendedorismo terá foco, usando, por exemplo, o Business Model Canvas como base para essa criação. Além disso, também é preciso de um estudo de viabilidade para ter o conhecimento sobre custos, lucro, tipo de mercado e investimentos essenciais. Logo, sabendo seu tipo de cliente e tendo um planejamento financeiro, será preciso para começar:

  • Matéria prima

Cosméticos veganos são produzidos com componentes naturais e podem ter a utilização de materiais sintéticos que poderiam ter origem animal. Para o início da geração dos produtos, é dispensável a utilização de grandes quantidades de itens, expandindo os números conforme o crescimento do negócio.

  • Forma de produção

Para se obter a melhor forma de produção para os cosméticos que serão produzidos é imprescindível que haja bastante pesquisa sobre o assunto. Não limitado a isso, consultorias químicas são muito úteis nesse processo. 

  • Testes e regularização

Na obtenção de cosméticos são indispensáveis os testes químicos e microbiológicos. A parte de testes é uma das mais importantes, se não a mais importante de todo o processo, já que garante a segurança dos usuários.

Regularizar os produtos os torna legalizados para a venda, além de poder identificar se é um cosmético de grau 1 ou 2.

  • Selo vegano

O selo vegano vale durante o período de tempo de 1 ano (12 meses). Para adquirir o mesmo é necessário que a Sociedade Vegetariana Brasileira avalie seu produto, para verificar que não há a utilização de nenhum composto de origem animal.

  • Distribuição

Abrindo um espaço para a venda e/ou por meio de anúncios online. Nada melhor para divulgar seu comércio que as redes sociais.

Após todas as dicas dadas no texto, é hora de colocar a mão na massa, procurando uma receita que mais se adeque a você, ao estilo que está procurando e se cabe no seu orçamento. Procurando sempre uma consultoria para seu produto.

Confira outros textos sobre temas como esse em nosso blog!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: