COMO COMEÇAR SUA PRODUÇÃO DE CERVEJAS ARTESANAIS

A cerveja é a bebida alcoólica mais consumida no Brasil e, para atender a essa demanda, desenvolveram no mercado diversos tipos e estilos. Nesse meio, as cervejas artesanais têm se destacado cada vez mais, se diferenciando das cervejas comuns em relação ao sabor e aroma para oferecer experiências de degustação únicas. Por isso, para iniciar a produção e obter um produto que atenda as expectativas dos consumidores, é importante se atentar a alguns fatores que são determinantes para um empreendimento de sucesso.

Afinal, o que torna as cervejas artesanais tão atrativas?

As cervejarias que seguem esse estilo de produção visam o compromisso com os aspectos sensoriais, utilizando ingredientes tradicionais e inovadores (frutas, especiarias, etc.). A atenção a uma receita diferenciada, com a combinação correta dos insumos, atinge amplas possibilidades de harmonização.

O processo de produção também é determinante, uma vez que os processos de maturação e fermentação são mais lentos e não são utilizados aditivos e conservantes. Ao contrário das cervejas comuns, que possuem receitas mais simples e muitos aditivos. Nesse sentido, o controle minucioso de todo o processo tem levado ao crescimento do mercado das cervejas artesanais em Minas Gerais, atraindo consumidores em busca da qualidade e singularidade do produto.

Por onde começar?

O primeiro passo para iniciar o seu negócio é conhecer a sua área, então é muito importante que se tenha conhecimento do processo de produção e legislação para comercialização. Além disso, um estudo de viabilidade é necessário para se ter conhecimento detalhado do mercado, investimentos necessários e diversos pontos que guiarão o seu plano de negócios. Assim, com base em todo o processo de conhecimento e planejamento financeiro podemos partir para listagem de todos os materiais e equipamentos necessários, normalmente são utilizados:

  • Matéria prima 

As cervejas artesanais normalmente apresentam um conceito, contam uma história, portanto a escolha dos ingredientes é uma etapa muito importante.

  • Equipamentos para produção

 Os equipamentos essenciais para produção são: caldeirões, termômetro, balança de precisão, mangueiras, pá cervejeira, filtro, fermentador, chiller, moedor, densitômetro.

  • Embalagem

Para porcionar e distribuir o produto: garrafas, tubo enchedor e cravador de tampinhas, além de uma rotulagem adequada. Clique aqui se quiser entender mais sobre a rotulagem de bebidas alcoólicas.

  • Armazenamento

Uma vez produzido, é importante manter a integridade do seu produto, por isso, utilize refrigeradores e determine um prazo de validade condizente e confiável.

  • Distribuição

Onde será comercializada a sua cerveja artesanal? Você pode abrir sua loja e também buscar possíveis parceiros. Divulgue!

Após a observação de todos esses detalhes é hora de iniciar a produção e buscar um processo que proporciona alto rendimento sem perder a qualidade do produto. Para isso, uma consultoria é fundamental para a otimização da produção artesanal. Além disso, é imprescindível se atentar à segurança do consumidor que procura informações sólidas sobre a procedência do produto, sendo necessária uma rotulagem adequada para garantir que, além da textura, sabor, aroma e aparência, a informação seja um atrativo para o cliente.

Confira outros textos sobre temas como esse em nosso blog!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: